Forró da Olinta

Ellen Oléria

Compositor: Ellen Oléria

Vai ter um baile na casa de tia Olinta
E apesar daquela rixa, a Preta tem que ir pra lá
Vai ter forró e o sanfoneiro não manda recado
A tia Zezinha preparou os pratos
Tão uma delícia, de fazer babar

Eu vou, não vou botar nenhuma condição
Só quero ela dentro do salão
Se ela não for, tudo vai se estragar
Eu vou, depois da reza começa o barato
O poeirão subindo vai fazer estrago
Mas, não vou mentir, só vou pra chamegar

Tando ela pra mim tá bom
É lindo, tá bom demais
Eu me acabo no arrasta-pé
Ali em casa sabe como é

Ilê-ilê, Ilê-ilê, Ilê-ilê aiyê
Ilê-ilê, Ilê-ilê, Ilê-ilê aiyê

Vai ter um baile na casa de tia Olinta
E apesar daquela rixa, a Preta tem que ir pra lá

Eu vou, não vou botar nenhuma condição
Só quero ela dentro do salão
Se ela não for, tudo vai se estragar
Eu vou, depois da reza começa o barato
O poeirão subindo vai fazer estrago
Mas, não vou mentir, só vou pra chamegar

Se tu for eu vou
Se tu for eu vou, se tu for eu sou
Vou rodar minha saia branca
Saudando Oxalá e meu pai Xangô
Se tu for eu vou, se tu for eu sou
Se tu for eu vou
Vou rodar minha saia branca
Menina, eu sou filha de Xangô

Ilê-ilê, Ilê-ilê, Ilê-ilê aiyê
Ilê-ilê, Ilê-ilê, Ilê-ilê aiyê

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital